Skip to main content

Queda de cabelos pode ser tratada e até prevenida

prosaude
04/08/2020
Queda de cabelos não é doença, trata-se, na verdade, do sintoma de um dos males que atacam não só o couro cabeludo, mas, também agridem outras partes do corpo. Há muitas razões pelas quais o cabelo pode cair. Caso de fatores genéticos, má alimentação, tratamento de doenças, estresse, uso excessivo de produtos químicos, nível baixo […]
Queda de cabelos não é doença, trata-se, na verdade, do sintoma de um dos males que atacam não só o couro cabeludo, mas, também agridem outras partes do corpo.Há muitas razões pelas quais o cabelo pode cair. Caso de fatores genéticos, má alimentação, tratamento de doenças, estresse, uso excessivo de produtos químicos, nível baixo de ferritina, anemia, depressão e interrupção do uso de anticoncepcional são apenas alguns exemplos das inúmeras causas.Dependendo da causa, a solução é atacar diretamente o motivo real do problema.A saúde do cabelo é consequência da manutenção de bons hábitos, incluindo alimentação saudável e rica em nutrientes benéficos aos fios de cabelo.

Queda de cabelos: Calvície/alopecia androgenética

A calvície, também conhecida clinicamente por alopecia androgenética, aterroriza muitas pessoas, especialmente, homens.Resulta da sensibilidade dos folículos pilosos de determinadas áreas do couro cabeludo aos androgênios, processo no qual interferem os tratamentos visando à recuperação dos fios.

Causas principais da queda

Duas são as razões fundamentais que levam à queda de cabelo: fatores hormonais e fatores metabólicos.Quando ocorre a desregulação hormonal em glândulas como na hipófise, na tiroide (hipotireoidismo e/ou hipertireoidismo) e nas suprarrenais, o cabelo começa a cair.Além destas duas causas, há outras que geram o mesmo problema. Confira!
  • Herança genética
  • Estresse faz cair cabelo
  • Envelhecimento
  • Síndrome metabólica
  • Cigarro
  • Anemia
  • Problemas intestinais
  • Desnutrição
  • Doença renal crônica
  • Sífilis
  • Micose
  • Estresse crônico
  • Doenças autoimunes
  • Psoríase
  • Alopecia areata

Excessos também são nocivos ao cabelo

Tanto a falta quanto o excesso de substâncias essenciais à saúde podem levar à queda de cabelos.Geralmente, a falta de vitaminas (sobretudo a B), de magnésio e ferro são pressupostos à perda dos fios.O mesmo problema acontece também quando há excesso de cobre no organismo, por exemplo, uma vez que pode provocar a anemia hemolítica, que resulta na perda de fios capilares.

 Outros fatores que causam calvície

 Existem, ainda, outras razões que influenciam a queda de cabelo. Entre elas, podem ser citadas o excesso de vitamina A ou B, gravidez, uso de antidepressivos e outros remédios, bem como, a anemia, à ingestão de álcool e uso do cigarro.São fatores que possuem condições para abrir clareiras na cabeça de homens e de mulheres.Para descobrir, contudo, as razões por que a calvície acontece, há a necessidade de investigação aprofundada da saúde capilar.

Recomendações para evitar queda de cabelo

Acompanhe, na sequência, dicas simples, mas que são importantes para auxiliar o controle sobre a perda de cabelos.
  • Consumir alimentos (ou suplementação) com as vitamina A, B, C, D e E, proteína e ferro, porque ajudam a manter a saúde capilar.
  • Incluir na dieta linhaça, nozes, óleo de abacate e coco, já que ajudam a obter ácidos graxos, essenciais para a saúde natural do cabelo.
  • Fazer suplementação de biotina, silício e zinco porque ajudam no crescimento do cabelo e mantêm o couro cabeludo saudável.
  • Evitar usar água quente para lavar os cabelos.
  • Evitar o uso de xampus agressivos, preferindo, pois, os mais suaves, sem sulfatos.
  • Massagear o couro cabeludo depois de lavar o cabelo porque aumenta a circulação sanguínea e previne a perda de cabelo.
  • Manter o couro cabeludo sempre limpo.
  • Não usar excessivamente secador e chapinha.
  • Evitar excesso de químicas, já que os produtos químicos enfraquecem a raiz do cabelo, fazendo-o perder força e brilho.
  • Manter o nível de ferritina acima de 50 ng/mL. (ferritina é proteína produzida pelo fígado, responsável pelo armazenamento do ferro no organismo).

Alimentos úteis contra queda de cabelo

Da mesma forma como a alimentação balanceada ajuda na saúde dos fios, dieta pobre e inadequada, por sua vez, pode ser responsável pelo surgimento de problemas capilares, caso da queda, do ressecamento e de fios opacos, por exemplo.Alimentos que ajudam a deter a queda de cabelo:Arroz, feijão e lentilhas: porque eles têm aminoácidos que, quando combinados, dão origem a proteínas que formam o colágeno e a queratina, componentes que fortalecem os cabelos.Soja: melhora a circulação no couro cabeludo e porque também diminui o risco da queda de cabelo.Verduras: espinafre, nabo, acelga e alface são verdadeiros “antídotos” contra a queda capilar, já que são ricos em vitamina A, C e ferro.Batata doce: porque é composta por cobre, ferro e proteínas, ela auxilia no crescimento dos fios e na manutenção da saúde do couro cabelo.Laranja: rica em vitamina C, fato que estimula o crescimento dos fios. De quebra, a laranja ainda ajuda a tratar a caspa.Amêndoas: ricas em magnésio são aliadas quando o assunto é queda de cabelo.Goiaba: contém vitaminas A e tem mais vitamina C do que a laranja. Além disto, também tem mais potássio do que a banana.É, pois, poderosa combinação capaz de melhorar consideravelmente a saúde dos cabelos.Ômega 3: ácido graxo importante porque realiza ação anti-inflamatória. Além disto, contribui para dar maior flexibilidade aos fios.Entre os alimentos ricos em ômega 3 destacam-se peixes de água fria, (salmão, sardinha e truta), abacate, sementes de abóbora, nozes, linhaça e chia.Espinafre: por conter ferro, mineral que participa na formação dos glóbulos vermelhos, nutre os folículos capilares.Aveia: contém silício, mineral capaz de estruturar a queratina, proteína que forma o cabelo.Morango: por oferecer flavonoides e vitamina C é importante já que estas substâncias ativam a microcirculação sanguínea no couro cabeludo.Iogurte magro: além de aminoácidos que fortalecem a fibra capilar, possui vitaminas do complexo B.Castanha-do-pará: oferece zinco, cuja carência deixa o cabelo fino, quebradiço e sem brilho.Agrião: fornece MSM (suplemento de enxofre), essencial para a síntese do colágeno e também alivia a dor. Tem ação anti-inflamatória detoxificante. Ambas as substâncias, pois, são necessárias para a manutenção e a produção da queratina.

Sucos ajudam a coibir queda de fios de cabelo

Alguns sucos naturais são, igualmente, fatores que ajudam a preservar os cabelos.Suco de cenoura, alface e pepino: o suco verde é excelente porque os ingredientes ajudam no crescimento e no fortalecimento dos fios, evitando, assim, a queda.Suco de mamão com aveia: a receita não só é deliciosa porque também ajuda a combater a queda de cabelo, e, ainda, favorece o seu crescimento.

Vitaminas e minerais

 Assim como são fundamentais para manter o bom funcionamento do organismo, as vitaminas também afetam a estrutura, o crescimento e a manutenção dos fios de cabelo.Elas são essenciais porque ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo no couro cabeludo, garantindo a chegada de oxigênio e nutrientes às células.A deficiência delas, por sua vez, resulta na quebra de fios, no lento crescimento e na queda excessiva.Importante é adotar alimentação voltada à saúde capilar e à redução da queda de fios. Para tanto, a dieta tem que ser rica em sais minerais como zinco, ferro e selênio.Estes nutrientes possuem muita importância, pois ajudam na nutrição dos folículos capilares e no crescimento dos fios.A ausência de sais minerais, por sua vez, resulta, em consequência, em fios quebradiços, secos, finos e opacos, além de causar problemas como caspa e queda de fios.Devem compor a dieta, entre outros alimentos ricos em sais minerais, lentilhas, espinafres, brócolis, couve, feijão, soja, sementes de girassol e de abóbora, cereais integrais, chia, castanha-do-pará e castanha-de-caju.

Suplementação via cápsulas

As vitaminas e os minerais, além de serem encontrados naturalmente em comidas, também podem ser consumidos na forma de cápsulas, em regime de suplementação.A ProSaude oferece duas opções incríveis para a suplementação que colabora com a saúde dos cabelos, pele e unhas: Beauty Capelli e Beauty Capelli for Men.

Queratina, principal proteína do cabelo

O principal componente dos fios de cabelo é a queratina, tipo de proteína. Na verdade, 97% dos fios são compostos por este nutriente.A deficiência proteica ocasiona problemas como ressecamento, opacidade e quebra dos fios.Para garantir o consumo adequado de proteínas e para dar mais saúde aos fios é preciso comer peixes de escamas, legumes, soja e nozes.

Principais vilões da queda dos cabelos

Os açúcares, carboidratos refinados (massas, pão branco e álcool) são os principais inimigos do cabelo porque impedem que ele fique bonito e saudável.Igualmente são prejudiciais porque também elevam a insulina no sangue, causando desequilíbrio hormonal, que resulta em prejuízos aos folículos capilares.

Atenção!

Em caso de persistência da queda de cabelo é preciso consultar dermatologista, pois existem diversas causas do problema, (anemia ou dermatite), já que o tratamento varia de acordo com a causa da calvície.Visite a loja ProSaúde mais perto de você!