O que são e como funcionam os termogênicos?

 

 

Termogênico é suplemento utilizado para perder peso rápido com saúde.

Saiba o que são e como funcionam os termogênicos acompanhando este post.

 

Termogênese

 

Termogênese é o desenvolvimento regular e contínuo de calor em seres vivos.

Ocorre em todos os animais de sangue quente e, também, em algumas espécies de plantas termogênicas, como é o repolho oriental, o lírio vodu, entre outros.

 

Ação dos termogênicos

 

Os termogênicos são substâncias que agem aumentando a temperatura corporal através da estimulação dos sistemas cardiovascular, respiratório e nervoso central.

Os resultados da termogênese são o aumento do metabolismo basal e a queima maior de gordura, aspectos, portanto, que ajudam a pessoa a emagrecer.

 

Dieta associada à suplementação alimentar

 

Nutricionistas recomendam a quem quer perder peso, a adoção de dieta que, por sinal, poder ser associada à suplementação alimentar.

Paralelamente às proteínas, há outras aliadas à disposição de quem deseja emagrecer. É o caso, por exemplo, dos termogênicos.

Metabolismo acelerado garante gasto de energia maior e, consequentemente, impulsiona o emagrecimento.

 

O que é um termogênico?

 

Já vimos que a palavra termogênese pode ser definida como a produção de calor dentro do corpo.

Trata-se, portanto, de mecanismo que leva, em maior ou menor quantidade, à “queima” de calorias.

Os termogênicos contêm cafeína, estimulante do SNC (sistema nervoso central) que exerce a função de acelerar o metabolismo, elevando a termogênese, promovendo a produção de energia gerada pela “queima” da gordura corporal.

Por que o termogênico é usado para emagrecer?

 

O termogênico ideal é desenvolvido para contemplar múltiplos mecanismos de ação que levam ao emagrecimento, à redução da inflamação crônica (metainflamação), ao aumento da diurese e à redução do estresse oxidativo diretamente ligado a série de doenças.

Termogênicos naturais

O mecanismo de funcionamento mais conhecido dos termogênicos é o aumento da “queima” de calorias gerada pela aceleração do metabolismo.

Gengibre, pimenta, guaraná, chá verde, açafrão e feijão branco são termogênicos naturais.

 

 

 

Interação ideal

 

Para acontecer a perda de peso de forma saudável, o ideal é a interação entre termogênicos naturais (gengibre, pimenta, guaraná e chá verde, etc.) com outros nutrientes que propiciam o emagrecimento.

São os casos, portanto, dos nutrientes que aumentam a diurese, a exemplo do hibisco, que ajuda a eliminar líquido retido em excesso pelo organismo.

Em conjunto com a eliminação de líquido retido em excesso, ocorre, igualmente, a eliminação de diversas toxinas produzidas pelo corpo.

As fibras, especialmente as prebióticas, por sua vez, diminuem a inflamação e a permeabilidade intestinal, além de proporcionarem a sensação de saciedade.

Antioxidantes naturais

 

Antioxidantes naturais provenientes de frutas e de alguns tipos de chás, por exemplo, de maneira semelhante, reforçam os mecanismos de defesa contra os radicais livres.

 

Fator importante

 

Questão importante a ser considerada no processo de emagrecimento é a sensação de bem-estar.

O açafrão e o feijão branco, por exemplo, contêm substâncias que ajudam a diminuir a ansiedade e, consequentemente, a compulsão alimentar, porque elas atuam no cérebro, aumentando a produção ou a quantidade disponível de dopamina e de serotonina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de felicidade, de motivação e de prazer.

Quem pode usar o termogênico?

 

Além de serem indicados para atletas, os termogênicos também podem ser usados por pessoas que:

> Estão em dieta para a redução de peso.

> Pretendem aumentar o metabolismo basal.

> Querem mais disposição e energia.

 

Disponíveis no mercado

 

Existem no mercado, combinações termogênicas que auxiliam o processo de emagrecimento de forma eficiente e segura. Basta, portanto, se informar a respeito das melhores opções antes de fazer a aquisição.

 

Indicação de consumo

 

A recomendação de consumo aponta para dois momentos:

  • Antes das refeições.
  • Antes da prática de atividades físicas.

Ingestão antes das refeições

 

Ao ser ingerido pouco antes do fim de períodos de jejum, quando o organismo está ávido por nutrientes, os termogênicos que contém na formulação ingredientes nutracêuticos ricos em propriedades funcionais, beneficiam ainda mais a saúde.

 

 https://prosaudelojas.com.br/como-prevenir-a-hipertensao-arterial/

 

Praticantes de atividades físicas

 

Quem realiza exercícios físicos regulares costuma ingerir termogênicos antes de iniciar a sessão de atividades.

A ingestão pode acontece em conjunto com a de fontes de carboidratos. Desta forma, os mecanismos são ativados e se somam, pois, aos próprios benefícios do exercício físico na redução de peso e no ganho de saúde.

 

Eventuais dúvidas sobre termogênicos

 

Várias perguntas são feitas quanto ao uso de termogênicos. Acompanhe algumas.

 

  • Termogênico é chá?

Não. Pode, contudo, ser consumido com água quente ou fria.

 

  • Tem cafeína?

Sim. Praticamente todos os termogênicos têm cafeína, sendo que alguns usam a sintética ou a anidra. Outros adotam a extraída de fonte natural, já que é mais saudável.

 

  • Termogênico pode causar taquicardia?

Pessoas que possuem sensibilidade à cafeína podem sentir efeito maior da ação deste ingrediente. Precisam, por este motivo, dar maior atenção à questão antes de decidirem pelo uso.

 

  • Gestantes podem usar?

Não. Em virtude da presença de cafeína na fórmula, não é recomendado o uso de termogênicos por gestantes e lactantes.

 

https://www.essentialnutrition.com.br/conteudos/termogenico-o-que-e-e-como-usar/    

 

Alimentos termogênicos

 

Conheça alguns alimentos que são termogênicos naturais.

  • Canela

Adicionar canela a frutas e/ou ao leite ou, ainda, consumir na forma de chá.

  • Gengibre

Usar raspas de gengibre na salada, em sucos ou fazer chá.

  • Pimenta vermelha

Utilizar para temperar carnes magras, sopas e cozidos.

  • Café

Cuidado, todavia, para não consumir em excesso. No máximo, menos de 100 ml por dia.

  • Chá de hibisco

Tomar, no máximo, três xícaras por dia.

  • Vinagre de maçã

Usar para temperar saladas.

  • Água gelada

Beber pelo menos 2,5l. de água por dia.

  • Chá verde

Deve ser consumido entre as refeições.

https://prosaudelojas.com.br/alimentos-nocivos-a-imunidade/

Alimentos termogênicos para emagrecer

 

Entre os principais alimentos termogênicos estão a pimenta e o gengibre. Ambos precisam ser consumidos diariamente para emagrecer, já que, para terem o efeito potencializado, precisam fazer parte da rotina de vida saudável, caso, por exemplo, da alimentação balanceada e da prática frequente de atividades físicas.

Pelo fato de os alimentos termogênicos terem a propriedade de aumentarem a temperatura corporal e acelerarem o metabolismo, eles fazem, em consequência, que o corpo gaste mais energia e “queime” mais intensamente as gorduras.

Benefícios dos termogênicos

 

Paralelamente ao fato de ajudarem a perda de peso e a “queima” de gordura, os termogênicos geram, ainda, outros benefícios para o organismo.

Veja:

< Melhoram a circulação sanguínea.

< Previnem câncer de cólon e de ovário.

< Auxiliam o tratamento de gripes.

< Estimulam a digestão.

< Eliminam gases.

 

Forma de consumo de termogênicos

 

Além de constarem em alimentos naturais, termogênicos também podem ser consumidos em cápsulas. Em ambos os casos, por sinal, servem para ajudar o emagrecimento.

 

Efeitos colaterais e contraindicações

 

O consumo excessivo de alimentos termogênicos pode causar tontura, insônia, dor de cabeça e problemas gastrointestinais.

Em casos de insônia, problemas cardíacos, doenças na tireoide e na gravidez, deve ser evitado o consumo destes alimentos.

A mesma restrição vale para as crianças.

A ingestão de termogênicos é contraindicada para pessoas que sofrem de arritmia cardíaca, que têm histórico de infarto, além de outros problemas.

 

https://www.tuasaude.com/quais-sao-os-alimentos-termogenicos/

 

Qual é o melhor horário para tomar termogênico?

 

De modo em geral, a recomendação é a de que estes suplementos sejam consumidos cerca de 30 minutos antes da atividade física.

Como, porém, podem prejudicar o sono, fórmulas com cafeína devem ser ingeridas, de preferência, no período da manhã ou, no máximo, até o início da tarde.

Importante, ainda, se faz lembrar que o chá verde deve ser consumido entre as refeições, pois pode prejudicar a absorção de vitaminas e minerais no intestino.

Tipos de termogênicos

 

A pergunta que muitas pessoas fazem é: qual é o melhor termogênico para “queimar” gordura?

Conheça alternativas.

  • Epiburn Pro

Verdadeiro incinerador de gordura.

  • Lipo 6 black

Um dos primeiros termogênicos líquidos.

  • Therma Pro Hardcore

Produto considerado natural.

  • Ripped Fast

Não-natural, mas menos agressivo.

  • Oxyelite Pro

    :

Atua diretamente na quebra de gordura.

https://prosaudelojas.com.br/relacao-do-cancer-com-a-alimentacao/

Benefícios do suplemento termogênico

 

Nutricionistas esclarecem que são reais os benefícios do suplemento termogênico para a perda de peso.

Quem está na luta para perder peso, normalmente, recorre a vários recursos, sendo que os termogênicos estão entre eles, porque têm a função de “queimar” gordura e de acelerar o processo de emagrecimento.

 

Quanto tempo dura o efeito do termogênico?

 

A ingestão do suplemento é indicada para ocorrer, pelo menos, 30 minutos antes da atividade física, uma vez que se trata de tempo suficiente para a cafeína atingir o pico de concentração.

O efeito de um termogênico dura de três a quatro horas.

Problemas começam quando, durante o uso do produto, o resultado não é mais obtido, por isto, sem exercícios físicos, o termogênico não ajuda em nada, segundo explicam especialistas.

Ação consorciada

 

De acordo com nutrólogos, a ingestão isolada de termogênicos não leva à perda de peso significativa, já que, se o indivíduo continuar ingerindo mais calorias do que consegue “queimar”, vai engordar.

Para evitar isto, portanto, é fundamental consorciar os termogênicos com a dieta balanceada e a prática regular de exercícios físicos. Somente desta maneira, segundo especialistas, o gasto calórico será potencializado e favorecerá o emagrecimento.

Necessidade da indicação médica para tomar suplementos termogênicos

 

Pela razão de o uso de termogênico ser contraindicado em alguns casos, o certo é consultar profissional antes de tomar suplementos termogênicos, já que, muitas vezes, a pessoa nem desconfia de qualquer problema de saúde e descobre que sofre de hipertensão ou arritmia, por exemplo, em consultas médicas.

Frutas com poder termogênico

 

Além de estarem presentes na pimenta vermelha, no gengibre e no chá verde, as substâncias termogênicas também são encontradas em frutas. A casca da laranja, por exemplo, é rica em termogênicos, segundo informam nutrólogos.

O guaraná é outra fruta que também acelera o gasto calórico do corpo.

 

Quanto maior a ingestão, maiores são os benefícios

 

Em conformidade com afirmações de nutricionistas, o ideal é consumir termogênicos diariamente, mas, dentro de limite estabelecido para que o aumento do metabolismo não se torne prejudicial.

No caso do gengibre, a recomendação é a de fatia média diária ou colher de café da forma em pó.

Quem prefere o abacaxi pode comer uma fatia após o almoço ou jantar ou, então, tomar 200 ml de suco da fruta.

 

Alimentos termogênicos naturais para acelerar o metabolismo

 

Os alimentos termogênicos naturais ajudam a aceleração do metabolismo e a perda de peso. Isto, todavia, só acontece quando eles estão aliados à dieta adequada e à prática de exercícios físicos.

 

Termogênicos não são milagrosos

 

Os alimentos termogênicos, mesmo não sendo milagrosos, conseguem, porém, promover ótimos benefícios à saúde, sem contar que são naturais e fáceis de serem incluídos na alimentação.

Gasto de energia

 

Todos os alimentos que são consumidos promovem gasto de energia ao serem digeridos, aumentando a temperatura corporal, acelerando o metabolismo.

Os bons termogênicos induzem os processos de gasto calórico (termogênese) de modo diferenciado, já que, gastam mais calorias.

Os termogênicos têm, ainda, o efeito de aumentar o tempo de digestão, promovendo maior gasto energético para consumir as calorias e, igualmente, também “queimar” as reservas energéticas (gorduras).

 

Demais benefícios

 

Além do exposto anteriormente, os termogênicos, ainda, ajudam a melhorar o desempenho durante os treinos, melhoram a circulação sanguínea e estimulam o sistema digestivo.

 

Melhores alimentos termogênicos

 

De acordo com critérios de especialistas, são sete os melhores e, portanto, principais alimentos  termogênicos naturais, passíveis de serem inseridos na alimentação diária.

Confira a lista.

 

  1. Pimenta vermelha

O primeiro integrante da lista é a pimenta vermelha, também conhecida como pimenta dedo-de-moça ou pimenta calabresa. É importante, pois, possui capsaicina, (que garante o sabor ardido), bem como propriedades analgésica, energética, termogênica e antioxidante.

A capsaicina é substância capaz de estimular o metabolismo a fornecer energia, além de diminuir o apetite e ter efeitos potenciais no sistema nervoso.

A substância (capsaicina) estimula a liberação de hormônios, caso da adrenalina, da endorfina e da noradrenalina, sendo responsável, ainda, pela diminuição da sensação de fome e pelo aumento da sensação de bem-estar.

A recomendação é a de que o consumo da pimenta vermelha seja de três gramas por dia, podendo ser, portanto, facilmente incorporada a receitas quentes e saladas.

 

  1. Chá verde

O chá verde é feito a partir da planta Camellia Sinensis (que também dá origem ao chá preto) é bastante utilizado em todo o mundo.

Ajuda o emagrecimento, além de produzir muitos outros benefícios ao corpo.

Pelo fato de conter substâncias como as catequinas e a cafeína, o chá verde é capaz de acelerar o metabolismo, aumentar a temperatura corporal e promover o emagrecimento.

O chá promove a “queima” extra de até 100 calorias por dia, combate os radicais livres, tem ação antioxidante e auxilia processos anti-inflamatórios em caso de doenças crônicas.

O consumo do chá verde está, ainda, relacionado à melhora do sistema digestivo e à redução do colesterol “ruim”.

O consumo diário deve ser de, pelo menos, 750 ml, ou seja, três xícaras ou 10g de erva.

 

  1. Gengibre

Várias são as utilidades do gengibre, raiz de origem oriental. Isto decorre das suas propriedades funcionais.

A zingiberene é a responsável pela ação termogênica do alimento. A substância estimula a oxidação da gordura no interior de células, uma vez que acontece o aumento da temperatura corporal e, consequentemente, da necessidade calórica.

O gengibre possui, igualmente, efeito anti-inflamatório, que amplia o desempenho durante exercícios físicos, bem como auxilia a recuperação muscular.

Pela razão de ter baixo valor calórico, o gengibre pode ser consumido de diversas maneiras: misturado em sucos, vitaminas, molhos e pratos quentes.

A ingestão diária, seja da raiz in natura ou do pó de gengibre, deve ser de, no mínimo, três gramas.

 

  1. Canela

Especiaria bastante reconhecida, a canela é usada em receitas doces e combinada com frutas.

O potencial termogênico é complementado pela capacidade de contribuir com o combate à gordura da região abdominal, além de possuir alto teor de cálcio mineral e da facilidade de reduzir níveis de glicemia, bem como, regular a insulina.

Estudos também comprovaram a ação da canela no combate a doenças cardiovasculares e nos impactos positivos nos sistemas anti-inflamatório e antioxidante.

O consumo diário pode variar entre um quarto (1/4) a colher inteira de chá.

 

  1. Chá de hibisco

Produzido a partir da infusão da flor Hibiscus Sabdariffa seca, o chá de hibisco é cada vez mais usado. Por ter ação termogênica, amplia a temperatura do organismo enquanto acontece a digestão. Reduz, ainda, a pressão sanguínea em pessoas com hipertensão.

Exerce, igualmente, a função de acelerador do metabolismo.

Além disto, o chá de hibisco oferece, ainda, quantidades significativas de vitaminas do complexo B, (B1 e B2), cálcio, magnésio e potássio.

Por conter flavonoides, possui, igualmente, propriedades diuréticas.

A recomendação diária máxima é de 1 litro, preparado com duas colheres de sopa da flor seca. Pode completar outros alimentos, caso da canela, do limão e do gengibre.

 

  1. Alho

O condimento tem efeito termogênico, estimulando, portanto, o metabolismo e mantém os níveis de insulina mais baixos. Pode, ainda, ser adicionado às dietas para o controle da obesidade.

Figuram entre as propriedades benéficas do alho,

a regulação da pressão arterial e a redução dos níveis de colesterol considerado ruim.

É, ainda, relaxante natural das células nervosas, facilitando a passagem do fluxo sanguíneo.

Além disto, o alho possui propriedades anti-inflamatórias, que ajudam, igualmente, a fortalecer o sistema imunológico.

 

 

 

  1. Alimentos com cafeína

Na condição de aceleradora do metabolismo, a cafeína é estimulante natural que, por sua vez, gera ações muito positivas para o corpo e para a mente.

Também é responsável, ainda, pelo aumento da oxidação das gorduras e pela redução da oxidação de carboidratos.

Aumenta a disposição e a energia, melhorando o desempenho por ocasião de atividades físicas.

A cafeína, contudo, tem ligação com a liberação de adrenalina, hormônio anabólico, motivo pelo qual o seu consumo precisa ser rigidamente controlado.

O consumo de cafeína deve, portanto, ser orientado por profissionais, uma vez que pode causar disfunções gastrointestinais e cardiovasculares.

Além disto, pode gerar efeitos sérios para o cérebro, caso, por exemplo, da irritabilidade, da ansiedade, da insônia e da agitação.

Os principais alimentos que contêm cafeína são o guaraná em pó, o café e o chá mate.

Ela também está disponível no mercado em forma de suplemento.

https://prosaudelojas.com.br/produtos-naturais-no-combate-a-depressao/

Suplementos termogênicos

 

Paralelamente ao termogênicos naturais, há opções de suplementos termogênicos fabricados a partir de elementos naturais, caso, por exemplo, do guaraná em pó, da cafeína, da canela, da pimenta e do gengibre.

Os referidos suplementos podem ser consumidos com outros tipos de suplementações, como são os casos do Whey Protein, do BCAA e de multivitamínicos em geral.

Atenção, todavia, precisa ser dada ao fato de que o consumo de suplementações alimentares precisa ser indicado por profissional de Nutrição.

 

Opções

 

Os termogênicos são encontrados em cápsulas, tabletes ou em pó, podendo ser misturado com água ou suco.

Geralmente, a recomendação é a de que os suplementos sejam consumidos cerca de 30 minutos antes da atividade física.

https://prosaudelojas.com.br/alimentos-que-aceleraram-o-metabolismo/

Utilidade

 

Por estimularem o sistema nervoso central, os termogênicos favorecem maior fornecimento de energia para melhorar o rendimento nos treinamentos.

Ademais, a união do termogênico com a atividade física gera perda mais efetiva de gordura e, igualmente, ganho maior de massa magra, objetivos pretendidos pelos praticantes de exercícios físicos.

 

https://www.gsuplementos.com.br/conteudo/como-tomar/como-tomar-termogenico/

 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × dois =

Categorias

Fique por dentro!

Seja avisado sempre que surgir conteúdo novo!

Últimos posts:

Veja também: